VISAO MISAO OBJECTIVO HAKSESUK BOLA FH KKN HOME FH LPV ARTIGOS FH MUZIKA LIA MENON FH RESPONDE
Artista Nia "Lian-Nonok" Ba Ukun-nain Sira  
   

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Timor-Leste: FMI preocupado com subida da inflação em Timor-Leste devido à duplicação das despesas do Estado

Timor-Leste: FMI preocupado com subida da inflação em Timor-Leste devido à duplicação das despesas do Estado [ 2008-07-02 ]

Washington, Estados Unidos da América, 02 Jul - O Fundo Monetário Internacional (FMI) manifestou terça-feira preocupação em relação à subida da inflação em Timor-Leste, numa altura em que o Governo se prepara para duplicar as despesas do Orçamento de Estado.

Para que os gastos não impliquem "pressões inflacionistas" e sejam "produtivos", as autoridades timorenses devem ser "cuidadosas" no planeamento e controlo orçamental e procurar melhorar a "capacidade administrativa", afirma o FMI, num relatório divulgado em Washington.

Em Dezembro de 2007, o Parlamento aprovou o OGE 2008 no valor de 347,5 milhões de dólares, mas a proposta de Lei de Orçamento Rectificativo apresenta um aumento das provisões orçamentais para 2008 num total de 773,3 milhões, informou o primeiro-ministro timorense, Xanana Gusmão, no documento enviado ao Parlamento.

Dos 773,3 milhões de dólares, 686,8 milhões de dólares são financiados por transferência do Fundo Petrolífero.

Os dados compilados pelo FMI indicam que a inflação tem vindo a subir continuamente desde 2005.

O "aumento acentuado" deve-se principalmente ao encarecimento dos bens alimentares nos mercados internacionais, que representam mais de metade do "cabaz" de produtos usados no cálculo do índice de preços ao consumidor, e sem contar com estes a inflação é "relativamente baixa", afirma a instituição financeira de apoio ao desenvolvimento.

Para este ano, a previsão é de 9,0 por cento, 1,4 pontos percentuais acima do registado em 2007 e 2,3 pontos percentuais mais do que em 2006 (macauhub)!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.